sábado, 18 de dezembro de 2010

Quando Surge Um Amor

© Lenise Resende

Quando um amor surge em nossa vida, nem sempre percebemos de imediato. Podemos ficar desconcertados, desconfiados ou estar descrentes. Nem sempre sabemos recebê-lo bem, nem sempre comemoramos. Podemos até dizer: - Puxa! Justamente agora?

amor345

Algumas vezes nos achamos mal fisicamente ou emocionalmente, ou sem tempo. E, isso, pode ser verdade ou uma desculpa para adiar o que nos dá medo. Nem sempre tratamos bem o amor que chega. Fazemos exigências, perguntas, testes, birras. Outras vezes sumimos, calamos, esquecemos ou fingimos esquecer o que devia ser lembrado. E maltratamos quem nos quer bem.

Quando um amor surge em nossa vida, podemos estar cansados de esperar por ele. Podemos, até, ficar decepcionados porque, a aproximação, pode nos mostrar defeitos que amor456não percebíamos ou não nos incomodavam. Podemos achá-lo apressado, impaciente, querendo pular etapas necessárias ao conhecimento. Podemos achá-lo desinteressado, achando que nos conhece tanto que não precisa mais prestar atenção.

Quando um amor chega, nem sempre fica. Nem sempre vem com malas e bagagens, traz apenas o necessário para uma breve permanência. Apenas nos acorda para a vida ou, nos prepara, para um novo amor, que vem pra ficar.

(http://www.lendoerelendo.com )  
Enviado por Gabriel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O importante é o que você acha :