segunda-feira, 28 de março de 2011

SURPRESA NO AEROPORTO

Na retomada da vida e no renascimento do Rio de Janeiro uma iniciativa muito bonita da TAP.

- Enviado por Bete

sexta-feira, 25 de março de 2011

O BEBADO

bebum3456

Altas horas da madrugada, o casal acorda ao som insistente da campainha da casa. O dono da casa levanta e pela janela pergunta:
- O que é que você quer?
- Olá, eu sei que é tarde - grita um homem - Mas preciso que alguém me empurre, e sua casa é a única nesta região.
Você precisa me empurrar!
Louco da vida, o recém-acordado replica:
- Eu não te conheço, são 4 horas da manhã, e me pede para te ajudar? Ah! Vá te catar! E ele volta para a cama. Sua mulher, que também acordou, não gosta da atitude do marido:
- Você exagerou. Você já ficou sem bateria antes, você bem que poderia ajudar esse cara.
- Mas ele está bêbado - desculpa-se o marido.
- Mais um motivo para ajudá-lo - insiste a mulher - ele não vai conseguir sozinho. Você que sempre foi tão prestativo...
Tomado por remorsos, o marido se veste e vai para a rua.
Procura o bêbado dizendo:
- Hei, cara, vou lhe ajudar! Onde é que você está?
E o bêbado gritando:
- Aqui, no balanço...

( Enviado por Marisol )

segunda-feira, 21 de março de 2011

SOBRAS DA HISTÓRIA

Roberto Pompeu de Toledo

200573647-001

Claúdio Manuel da Costa morreu no dia 4 de julho de 1788, quarenta dias depois de ter sido preso, acusado de integrar a conspirata contra o domínio português. Suícidio, segundo a versão oficial, assassinado pelos algozes, segundo suspeita que atravessa os séculos. Claúdio tinha 60 anos e era solteiro.

Na poesia, como era moda entre os chamados "árcades", ele cantava as belas pastoras Daliana,Violante,Nise, Eulina - esta última tão branca que "parece escura a neve em paralelo". Na vida real, amou a negra Francisca Cardosa, escrava cuja alforria comprou de um vizinho. Teve duas filhas com ela - Francisca e Maria.

O poeta, homem rico, foi reduzido a zero. Teve todos os bens, das fazendas às roupas e aos 406 livros, sequestrados pela coroa portuguesa.
Pela lei portuguesa, no entanto, ainda valia castigar os parentes do condenado, e assim seus filhos e netos foram declarados infames.

Uma das propriedades de Claúdio era a fazenda da Vargem, lá junto ao Itacolomi, no caminho entre Ouro Preto e Mariana. Ela mudou de mão várias vezes,desde que foi do poeta.

Mas os descendentes continuaram por ali. Por liberalidade dos novos donos, foi-lhes permitido continuar na franja da fazenda denominada Areião. ( extraído do artigo "Sobras da História", revista Veja , edição 2027, ano 40. )

Saiba mais em
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cl%C3%A1udio_Manuel_da_Costa  e em 
http://www.sonetos.com.br/biografia.php?a=7

sexta-feira, 18 de março de 2011

A PRIMEIRA CRISE DO ROCK

85478355rock

alexandre inagaki 
inagaki@spamzine.net

Final dos anos 50. O rock and roll mal havia inscrito suas primeiras notas na História da Música, e já sofria sua primeira crise, ameaçando perecer no mesmo limbo de outros estilos como a rumba, o calipso, o twist e o cha-cha-cha. Como peças de dominó, um a um os maiores ídolos viam suas carreiras tombarem de um dia para o outro.

Tudo começou com o alistamento de Elvis Presley ao Exército, em 1957. Depois, foi Jerry Lee Lewis, que viu sua carreira soçobrar depois do escândalo suscitado pelo casamento com sua prima de 13 anos. Enquanto isso, Little Richard encontrara "a luz" e trocara o rock n'roll pela Igreja, e Chuck Berry terminou a década na cadeia, após ter sido flagrado com uma prostituta menor de idade.

O vácuo repentino de ídolos abrira espaço para a ascensão meteórica de três talentos incipientes: o genial Buddy Holly (e sua banda The Crickets), Ritchie Valens (intérprete do sucesso "La Bamba", pioneiro do rock latino) e The Big Booper (DJ mais famoso da América e autor do hit "Chantilly Lace"). Durante o inverno de 1959, ambos participavam da turnê Winter Dance Party, consolidando junto aos fãs do meio-oeste americano o sucesso recém-adquirido (Valens tinha apenas 17 anos). Seguiram-se infindáveis, extenuantes viagens de ônibus, ao longo de estradas constantemente cobertas de neve.

Um dia, Buddy Holly jogou a toalha. Na madrugada de 3 de fevereiro de 1959, logo após um show em Clear Lake, Iowa, Buddy decidiu fretar um avião para prosseguir com a turnê. Havia espaço para mais dois passageiros. Uma das vagas ficou com Big Booper, que, fortemente gripado, pediu para ser poupado de mais uma via-crúcis no indefectível ônibus dos músicos. A última poltrona, disputada no cara-ou-coroa (Deus não lança apenas dados), ficou com Ritchie Valens.


Nem sempre quem ganha leva: poucos quilômetros depois de decolar, o avião caiu, certamente devido às péssimas condições climáticas, matando todos os seus ocupantes.
O rock tardaria a se recuperar de tantos baques. As paradas de sucesso foram tomadas por baladeiros como Paul Anka, Pat Boone e Neil Sedaka, e mesmo Elvis Presley, que ao voltar das Forças Armadas preferiu consolidar sua imagem de galã de cinema, gravando basicamente musiquinhas "mela-cueca".

Apenas na metade dos anos 60 o rock resgataria sua vocação transgressora, graças a Bob Dylan, Beatles e Rolling Stones. Contudo, os pioneiros, os responsáveis pelas primeiras faíscas, merecem ser lembrados: sempre que uma Fender ou uma Gibson for plugada em um amplificador, acredito que ao menos um isqueiro deva ser aceso em homenagem a esses caras: Buddy, Ritchie e Big Booper.

( Extraído do saudoso SpamZine, editado pelo Alexandre ) Hoje, o Alexandre Inagaki tem o famoso blog Pensar Enlouquece , em  http://www.interney.net/blogs/inagaki/
_____________

Buddy Holly  

segunda-feira, 14 de março de 2011

SECRETÁRIA ELETRÔNICA DOS AVÓS

97615444 " Bom dia!

No momento não estamos em casa mas, por favor, deixe-nos a sua mensagem depois de ouvir o sinal :
- Se é um dos nossos filhos, disque 1
- Se precisa que fiquemos com as crianças, disque 2
- Se quer o carro emprestado, disque 3

- Se quer que lavemos e passemos a roupa , disque 4
- Se quer que as crianças durmam aqui em casa, disque 5
- Se quer que os busquemos na escola, disque 6
- Se quer que lhe preparemos uns bolinhos para domingo, disque 7
- Se querem vir comer aqui em casa, disque 8
- Se precisam de dinheiro, disque 9


- Se é um dos nossos amigos,

pode falar

( Enviado por Erta ) 

sexta-feira, 11 de março de 2011

INSTRUMENTAÇÃO FANTÁSTICA

Recebi da Marisol esse vídeo sobre essa instrumentação incrível.
Espero que gostem

segunda-feira, 7 de março de 2011

O Amor tem fim?

107255632

Maria Cristina Tanajura -
tinatanajura@terra.com.br

O amor, quando realmente existe, é incrível e nos prega peças e nos deixa atônitos, sem explicações. Não existe tempo para aqueles que amam. Quando ele se manifesta em nossas vidas, se instala, passa a existir e isto é eterno! Passam-se dias, anos, parece que ele se foi, até o dia em que a Vida nos dá a oportunidade de reencontrar quem amamos e um milagre acontece - nada mudou...

Continuamos um diálogo que aparentemente nunca foi interrompido, embora nossos corpos mais envelhecidos demonstrem a passagem dos anos. O ontem se conecta com o agora, como se o intervalo jamais tivesse existido e os olhos confirmam a chama de um carinho imenso, doce e muito mais profundo do que poderemos jamais mensurar. Este é o amor verdadeiro! Supera o passar das horas, perdoa as nossas falhas, ultrapassa os obstáculos e se mostra tal qual é - eterno e imutável.

Que sensação gostosa de completude, que alegria na alma, que encontro real com o nosso espírito, que felicidade! Para todos aqueles que já tiveram a graça de ter um encontro de amor real, nesta encarnação, acho que o que estou falando vai ficar fácil de ser compreendido. Para aqueles que ainda não tiveram esta chance, fica aqui a confirmação de que isto é possível e um dia certamente vai acontecer.

Vejam que não estou me referindo apenas aos amores que dão certo, que têm um final feliz nesta vida, mas mesmo aos amores que não conseguiram se realizar no mundo real, mas que como que por milagre, continuam a existir, numa outra faixa vibratória, onde certamente esses dois seres se comunicam, ou não estariam tão à vontade quando se re-encontram, depois de passados tantos anos, meses...

continue lendo  O AMOR TEM FIM ?

sexta-feira, 4 de março de 2011

Não nos contaram

85183620esc

Marta Medeiros

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é acionado, nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada "dois em um": duas pessoas pensando igual, agindo igual, que era isso que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.

Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém. 
( enviado por Rose Arruda ) 

____________

Além dos emails recebidos , agradeço de coração pela força e pelos comentários deixados no blog no mês passado.
Meu salve para o Silvio Afonso-
http://palhacopoeta.blogspot.com/
, para a Cathiato. -
http://meusreflexoscontostextoseafins.blogspot.
com/
,
o Lucidreira..-
http://lucidreira.blogspot.com/,
a sempre presente Vanna 
http://minhasreflexoeseopinioes.blogspot.com/
Espero não ter esquecido de ninguém..  Paz e poesia...