quinta-feira, 28 de junho de 2012

Você fez por merecer?

 :: Graziella Marraccini ::

RECOMPENSA Costumamos reclamar muito para reivindicar nossos direitos, mas dificilmente fazemos um exame de consciência, para nos perguntarmos se realmente fazemos o nosso dever para merecer aquilo que reclamamos! Pare e pense: quantas vezes você reclamou a Deus por que você não conseguiu alcançar algo que você estava desejando? Veja bem, não estou me referindo àquelas reivindicações legítimas de bem-estar e bem viver a que todo ser humano tem direito. Eu estou me referindo àquilo que muitas vezes reclamamos ao Pai como filhos mimados que se acham no direito de receber o que desejam sem ter feito nenhum esforço para merecê-lo!

Por que estou querendo refletir sobre esse assunto? Porque nos últimos tempos temos assistido em nossa sociedade a esse tipo de comportamento, e em todos os níveis. As crianças e os jovens de hoje exigem que seus pais os satisfaçam em todos os seus desejos. Os pais, sentindo-se culpados por passarem mais tempo no trabalho do que nos cuidados domésticos, entregam aos filhos todo tipo de bem material para suprir-lhes as carências afetivas. Criam desta forma, crianças mimadas, exigentes e que não conseguem aguentar nenhuma frustração. E é por essa razão que fincam o pé e reclamam em voz alta, achando que vão conseguir as coisas aos berros! É possível que essa atitude funcione com os pais que se sentem culpados ou com aqueles que possuem pouca capacidade de diálogo com seus filhos, ou ainda com aqueles que não sabem impor limites e respeito. Crianças precisam de regras claras e precisam, antes de tudo, conhecer os seus limites.

Isso, em astrologia, chama-se de 'efeito Saturno'. Quanto melhor aspectado Saturno estiver no mapa de uma criança, tanto melhor ela irá aguentar as limitações impostas pelo convívio na sociedade e crescerá responsável.

(......) muitas vezes me parece que aqueles que gritam mais são os que merecem menos! Explico melhor: a meu ver, muitas pessoas promovem verdadeiras revoluções sociais, porém, não gritando e fazendo manifestações (por mais justificadas que elas sejam) mas trabalhando duro na surdina, sem alarde, promovendo no nível pessoal aquelas pequenas modificações que no longo prazo irão certamente fazer a verdadeira diferença. Creiam-me, serão esses que serão recompensados no final. Porque Deus não nos dará nada sem merecimento e ele está atento as nossas ações.

O Deus/ Pai, que existe em tudo o que é manifestado, pois ele é o Alfa e o Ômega da existência, está nos dando mais uma chance : pegá-la ou largá-la. Ainda temos tempo.(....)

Podemos levantar os olhos aos céus e reivindicarmos a atenção dos Deuses, como faziam os povos antigos. Ou podemos arregaçar as mangas e começar a promover, em nossa vida diária, as pequenas transformações que nos ajudarão a superar esse período de crise.

Então, caros leitores, vamos fazer por merecer? Pergunte-se: que planeta eu quero deixar para meus filhos e netos? Como posso reclamar a atenção do Pai se não estou fazendo a minha parte? 

Para 'fazer por merecer' não precisamos fazer muito. Basta darmos o melhor de nós!

(TRECHO) LEIA O RESTANTE DO ARTIGO EM http://www.stum.com.br/conteudo/c.asp?id=11992

segunda-feira, 25 de junho de 2012

MIX

SOLIDÃO

SOLIDAO Ainda que o isolamento físico contribua para a sensação de solidão, ela é muito mais do que isso. Podemos estar casados,ter uma família numerosa ou estar no meio de uma multidão e, ainda assim,sentirmo-nos sozinhos.

A solidão é uma condição psicológica caracterizada por uma profunda sensação de vazio.É um estado adverso que,do ponto de vista evolutivo,nos motiva a mudar - a procurar companhia.

Assim,a sensação de isolamento tem efeito semelhante ao da dor ou da fome. O desconforto que a solidão provoca foi uma das forças que nos impeliram a procurar a vida gregária,a preservar o corpo social - imprescindível para a nossa sobrevivência e prosperidade.

Nos primórdios da espécie humana,sobrevivemos apenas porque nos mantivemos em bando,o que garantia a proteção mútua. ( John Cacioppo, in "A Solidão que nos protege", entrevista para Giuliana Bergamo,revista Veja,nº 2224,pg. 94)

-

O QUINTO DOS INFERNOS

QUINTODOSINFERNOS Durante o século 18,o Brasil Colônia pagava um alto tributo para Portugal. Esse tributo incidia sobre tudo o que fosse produzido em nosso país e correspondia a 20% (ou seja, 1/5) da produção.

Essa taxação altíssima e absurda era chamada de "O Quinto". Esse imposto recaía principalmente sobre a nossa produção de ouro.O "Quinto" era tão odiado pelos brasileiros que, quando se referiam a eles diziam..."O Quinto dos Infernos".E isso virou sinônimo de tudo que é ruím.

A Coroa Portuguesa quis,em determinado momento,cobrar os "quintos atrasados" de uma única vez,no episódia conhecido como "Derrama". Isso revoltou a população e gerando o incidente conhecido como "Inconfidência Mineira",que teve seu ponto culminante na prisão e julgamento de Tiradentes. ( João de Toledo Cabral,"O dobro do Quinto dos Infernos",jornal "O Capital",ano XXI,nº 204,pg 3)

-

DOM QUIXOTE

DOMQUIXOTE O "Engenhoso Fidalgo Dom Quixote de La Mancha",escrito pelo espanhol Miguel de Cervantes é considerado o primeiro romance moderno da história. Cervantes escreveu a obra em duas partes: a primeira foi publicada em 1605 e a segunda,apenas em 1615.

Ele tinha 58 anos quando publicou o trecho inicial. Cervantes fez uma paródia aos livros de cavalaria, muito populares no século 17. O escritor considerava rídiculo o apego desmesurado a esse tipo de literatura.

Trata-se de um dos livros mais traduzidos no mundo. Há,inclusive,versões em javanês e tibetano. Foi eleito o melhor livro da história em uma pesquisa realizada com 100 escritores de 54 países pelo Clube do Livro da Noruega (extraído do jornal "O Mundo Mágico da Poesia",abril de 2005, pg. 7 )

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Observando e Absorvendo

lágrimas A necessidade de exercitar o DESAPEGO

Exausta
Estou
Como se milhas corrido tivesse
Só que ao invés de correr ao encontro de alguém ou de um objetivo
Corri contra tudo que sinto

Sabe preciso praticar o desapego
Deixar as malas pra trás
Deixar as coisas ali no chão
Deixar a roupa velha pra outros usarem
Deixar o prato feito pra alguém com  fome
E que eu consiga deixar que a escrita  flua.

Preciso urgentemente praticar desapego dos que penso amar
Bem com dos que dizem me amar
Preciso desesperadamente me desapagar de coisas  e de gentes
Pra poder respirar livre
Seguir meu rumo
Caminhar sem ter que satisfação
A qualquer um que seja dar

Quando entender que o desapego precisa ser praticado
Então as asas que digo ter
Essas crescerão e levarão pra longe
Desse tempo onde tudo obedece a logica
E os seres
Deslavadamente
Mentem
Umas pra outras
Desmerecendo o tal do
Sentimento

Preciso desesperadamente me entregar
De corpo e alma ao desapego
Aí não terei mais dó dos seres
Terei sim visão do quanto quero e posso
E já não mais será noite em mim
Pois o belo amanhecer dos de fato libertos
Sobre mim terá caído  o
sol
Da liberdade fará pleno
E não terei mais senhor ou dono
Nem críticos  ou mestres

Serei finalmente livre
Não na outra  vida
Mas nessa aqui
É a que me
Im
Por
Ta
.
.
.

Catia Helena 2255 0304012

roubado do blog da minha amiga Cathiato. Confira mais em http://ob-servandoeab-sorvendo.blogspot.com.br/

quinta-feira, 14 de junho de 2012

STRESS

STRESS Autor Desconhecido

Em uma conferência, ao explicar para a platéia a forma de controlar o estresse, o palestrante levantou um copo com água e perguntou:

-"Qual o peso deste copo d'água? "

As respostas variaram de 250g a 700g.

O palestrante, então, disse:

- "O peso real não importa. Isso depende de por quanto tempo você segurar o copo levantado."

"Se o copo for mantido levantado durante um minuto, isso não é um problema. Se eu o mantenho levantado por uma hora, vou acabar com dor no braço. Mas se eu ficar segurando um dia inteiro, provavelmente eu vou ter cãibras dolorosas e vocês terão de chamar uma ambulância."

E ele continuou:

- "E isso acontece também com o estresse e a forma como controlamos o estresse. Se você carrega a sua carga por longos períodos, ou o tempo todo, cedo ou tarde a carga vai começar a ficar incrivelmente pesada e, finalmente, você não será mais capaz de carregá-la."

"Para que o copo de água não fique pesado, você precisa colocá-lo sobre alguma coisa de vez em quando e descansar antes de pegá-lo novamente. Com nossa carga acontece o mesmo. Quando estamos refrescados e descansados nós podemos novamente transportar nossa carga."

Em seguida, ele distribuiu um folheto contendo algumas formas de administrar as cargas da vida, que eram:
1 *  Aceite que há dias em que você é o pombo e outros em que você é a
estátua.
2 *   Mantenha sempre suas palavras leves e doces pois pode acontecer de
você precisar engolir todas elas.
3 *   Só leia coisas que faça você se sentir bem e ter a aparência boa de
quem está bem.
4 *   Dirija com cuidado. Não só os carros apresentam defeitos e têm
recall do fabricante.
5 *   Se não puder ser gentil, pelo menos tenha a decência de ser vago.
6 *   Se você emprestar R$200,00 para alguém e nunca mais vir essa pessoa,
provavelmente valeu a pena pagar esse preço para se livrar dela.
7 *   Pode ser que o único propósito da sua vida seja servir de exemplo
para os outros.
8 *   Nunca compre um carro que você não possa manter.
9 *   Quando você tenta pular obstáculos lembre que está com os dois pés
no ar e sem nenhum apoio.
10 *   Ninguém se importa se você consegue dançar bem. Para participar e
se divertir no baile, levante e dance, pronto.
11 *   Uma vez que a minhoca madrugadora é a que é devorada pelo pássaro,
durma até mais tarde sempre que puder.
12 *   Lembre que é o segundo rato que come o queijo - o primeiro fica
preso na ratoeira. Saiba esperar.
13 *   Lembre, também, que sempre tem queijo grátis nas ratoeiras.
14 *   Quando tudo parece estar vindo na sua direção, provavelmente você
está no lado errado da estrada.
15 *  Aniversários são bons para você. Quanto mais você tem, mais tempo
você vive
16 *  Alguns erros são divertidos demais para serem cometidos só uma vez.
17 *   Podemos aprender muito com uma caixa de  lápis de cor. Alguns têm
pontas aguçadas, alguns têm formas bonitas e alguns são sem graça. Alguns têm nomes estranhos e todos são de cores diferentes, mas todos são lápis e precisam viver na mesma caixa.
18 *  Não perca tempo odiando alguém, remoendo ofensas e pensando em
vingança. Enquanto você faz isso a pessoa está vivendo bem feliz e você é quem se sente mal e tem o gosto amargo na boca.
19 * Quanto mais alta é a montanha mais difícil é a escalada. Poucos
conseguem chegar ao topo, mas são eles que admiram a paisagem do alto e fazem as fotos que você admira dizendo "queria ter estado lá".
20 *  Uma pessoa realmente feliz é aquela que segue devagar pela estrada
da vida, desfrutando o cenário, parando nos pontos mais interessantes e descobrindo atalhos para lugares maravilhosos que poucos conhecem.

"Portanto, antes de voltarem para casa, depositem sua carga de
trabalho/vida no chão. Não carreguem para casa. Vocês podem voltar a pegá-la amanhã. Com tranquilidade."

( Enviado por Célia Morgado)

quarta-feira, 13 de junho de 2012

ABOLICIONISMO

escravo Na França a escravidão passou a ser contestada no século XVIII. A "Declaração dos Direitos do Homem", em 1789, foi um marco na luta pelo abolicionismo.

Na Inglaterra, a condenação à instituição ocorreu através de uma lei da Câmara dos Comuns, de 1833, que foi estendida às colonias em 1838. Em Portugal e suas côlonias,a escravidão passou a ser considerada ilegal em 1878.

Alguns estados hispano-americanos, no momento da independência política emanciparam seus escravos :nos EUA,em 1862, a escravidão foi abolida pelo congresso e, em 1865, uma emenda constitucional ratificou essa disposição.

A partir de 1870, o Brasil era praticamente o único país do Ocidente em que perdurava a escravidão, que só foi abolida em maio de 1888. A abolição da escravatura no Brasil, no entanto, não representou uma ruptura no processo de exploração dos negros.

Internacionalmente, ainda hoje a questão permanece em aberto, não só porque a abolição em muitos países limitou-se a eliminar a condição jurídica, permanecendo a situação social do ex-escravo, como existem, atualmente, em muitas regiões do globo, relações de trabalho bastante semelhantes à escravidão.

Segundo o Conselho Econômico e Social da ONU, cerca de 10 milhões de pessoas viviam como escravos em 1965 e segundo o site Só História, hoje em dia tem pelo menos 27 milhões escravos no mundo . ( in "Grande Enciclopédia Larousse Cultural)

segunda-feira, 11 de junho de 2012

FELIZ DIA DOS NAMORADOS

Eu não vou gostar de você porque sua cara é bonita
O amor é mais que isso
O amor talvez seja uma música que eu gostei e botei numa fita
Eu não vou gostar de você porque você acredita
O amor é mais que isso
O amor talvez seja uma coisa que até nem sei se precisa ser dita

Deixa de tolice, veja que eu estou aqui agora
inteiro, intenso, eterno, pronto pro momento e você cobra
Deixa de bobagem, é claro, certo e belo como eu quero
O corpo, a alma, a calma, o sonho, o gozo, a dor e agora pára

Será que é tão difícil aceitar o amor como é
E deixar que ele vá e nos leve pra todo lugar
Como aqui

Será melhor deixar essa nuvem passar
E você vai saber de onde vim, aonde vou
E que eu estou aqui

( ANA CAROLINA  - MAIS QUE ISSO )

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Nutricionista lista os 10 piores alimentos para sua saúde

alimentos

Que atire a primeira pedra quem não se rende a um fast food, salgadinho ou cachorro-quente e depois fica preocupado com as calorias que ingeriu. Mas o que pouca gente sabe é que os perigos desses alimentos vão muito além da questão estética e podem ser um risco para a saúde. Para esclarecer esses problemas, a nutricionista Michelle Schoffro Cook listou os dez piores alimentos de todos os tempos.

10º lugar: Sorvete

Apesar de existirem versões mais saudáveis que os tradicionais sorvetes industrializados, a nutricionista adverte que esse alimento geralmente possui altos níveis de açúcar e gorduras trans, além de corantes e saborizantes artificiais, muitos dos quais possuem neurotoxinas – substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e no sistema nervoso.

9º lugar: Salgadinho de milho

De acordo com Michelle, desde o surgimento dos alimentos transgênicos a maior parte do milho que comemos é um “Frankenfood”, ou “comida Frankenstein”. Ela aponta que esse alimento por causar flutuação dos níveis de açúcar no sangue, levando a mudanças no humor, ganho de peso, irritabilidade, entre outros sintomas. Além disso, a maior parte desses salgadinhos é frita em óleo, que vira ranço e está ligado a processos inflamatórios.

8º lugar: Pizza

Michelle destaca que nem todas as pizzas são ruins para a saúde, mas a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados está cheia de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar puro, causando aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

7º lugar: Batata frita

Batatas fritas contêm não apenas gorduras trans, que já foram relacionadas a uma longa lista de doenças, como também uma das mais potentes substâncias cancerígenas presentes em alimentos: a acrilamida, que é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas. Além disso, a maioria dos óleos utilizados para fritar as batatas se torna rançosa na presença do oxigênio ou em altas temperaturas, gerando alimentos que podem causar inflamações no corpo e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.

6 lugar: Salgadinhos de batata

Além de causarem todos os danos das batatas fritas comuns e não trazerem nenhum benefício nutricional, esses salgadinhos contêm níveis mais altos de acrilamida, que também é cancerígena.

5º lugar: Bacon

Segundo a nutricionista, o consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas em 42% e de diabetes em 19%. Um estudo da Universidade de Columbia descobriu ainda que comer 14 porções de bacon por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão.

4º lugar: Cachorro-quente

Michelle cita um estudo da Universidade do Havaí, que mostrou que o consumo de cachorros-quentes e outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%. Um ingrediente encontrado tanto no cachorro-quente quanto no bacon é o nitrito de sódio, uma substância cancerígena relacionada a doenças como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebes. Outros estudos apontam que a substância pode desencadear câncer colorretal.

3º lugar: Donuts (Rosquinhas)

Entre 35% e 40% da composição dos donuts é de gorduras trans, “o pior tipo de gordura que você pode ingerir”, alerta a nutricionista. Essa substância está relacionada a doenças cardíacas e cerebrais, além de câncer. Para completar, esses alimentos são repletos de açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares, e contém, em média, 300 calorias cada.

2º lugar: Refrigerante

Michelle conta que, de acordo com uma pesquisa do Dr. Joseph Mercola, “uma lata de refrigerante possui em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias, entre 30 e 55 mg de cafeína, além de estar repleta de corantes artificiais e sulfitos”. “Somente isso já deveria fazer você repensar seu consumo de refrigerantes”, diz a nutricionista.
Além disso, essa bebida é extremamente ácida, sendo necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez, que pode ser muito perigosa para os rins. Para completar, ela informa que os ossos funcionam como uma reserva de minerais, como o cálcio, que são despejados no sangue para ajudar a neutralizar a acidez causada pelo refrigerante, enfraquecendo os ossos e podendo levar a doenças como osteoporose, obesidade, cáries e doenças cardíacas.

1º lugar: Refrigerante Diet

“Refrigerante Diet é a minha escolha para o Pior Alimento de Todos os Tempos”, diz Michelle. Segundo a nutricionista, além de possuir todos os problemas dos refrigerantes tradicionais, as versões diet contêm aspartame, que agora é chamado de AminoSweet. De acordo com uma pesquisa de Lynne Melcombe, essa substância está relacionada a uma lista de doenças, como ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.
“Os efeitos do aspartame podem ser confundidos com a doença de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus de Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, síndrome de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla, e pós-pólio. É por isso que eu dou ao Refrigerante Diet o prêmio de Pior Alimento de Todos os Tempos”, conclui.

( De um email enviado por Ana Maria )

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Brasileiro reclama de quê?

RECLAM~1

SIDNEI SAGUI

O Brasileiro é assim:

- Coloca nome em trabalho que não fez.
- Coloca nome de colega que faltou em lista de presença.
- Paga para alguém fazer seus trabalhos.

- Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
- Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
- Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.

- Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, e até dentadura.
- Fala no celular enquanto dirige.
- Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o celular dos amigos (me dá um toque que eu retorno..) - assim o amigo não gasta nada.

- Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.
- Para em filas duplas, triplas, em frente às escolas.
- Viola a lei do silêncio.

- Dirige após consumir bebida alcoólica.
- Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.
- Espalha churrasqueira, mesas, nas calçadas.

- Pega atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho.
- Faz "gato " de luz, de água e de tv a cabo.
- Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

- Compra recibo para abater na declaração de renda para pagar menos imposto.
- Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.
- Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10, pede nota fiscal de 20.

- Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.
- Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
- Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se
fosse pouco rodado.

- Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.
- Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.
- Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

- Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.
- Frequenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.
- Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos, como clipes, envelopes, canetas, lápis... como se isso não fosse roubo.

- Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.
- Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.
- Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.

- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos....

Escandaliza-se com o mensalão, o dinheiro na cueca, a farra  das passagens aéreas...  Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo, ou não?

Brasileiro reclama de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

Vamos dar o bom exemplo!

Espalhe essa idéia!

"Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos...."

(Email enviado por Ana Maria)
-
Esse texto já deve ser conhecido pela maioria das pessoas que acessam este blog. Mas vale a pena reler e refletir sempre.