sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

ESPERE, AGUARDE, RELAXE

501884245 Jacob Moses

Espere. Aguarde. Relaxe. Acalme-se. Deixe que sua mente encontre a serenidade. Se possível, durma.

Quando Einstein não conseguia resolver um problema, ele decidia esperar. Deitava numa rede, levava os filhos para passearem, relaxava. Nem sempre uma solução surge de repente, nem você tem a obrigação de achar respostas para tudo imediatamente, a não ser que seja general do Exército, no meio de uma batalha.

Mas eles são preparados para isto.

Deixe sua cabeça esfriar. Não se preocupe em achar soluções mágicas e instantâneas para os problemas. Se alguém te pressionar a isto, ignore. Vá andar. Não existe nenhum método melhor para ajudar alguém a encontrar a solução para um problema do que uma boa caminhada.

501883745 Depois, deite no sofá, ligue a TV, se possível, durma. Pela manhã, a cabeça está fresca e uma ou mais soluções estarão pipocando na sua mente. Há técnicas ainda mais avançadas de “esvaziamento” cerebral, como a ioga, mas que só devem ser praticada com a orientação de profissionais especializados.

Esporte também é muito bom. Dê uma corrida, vá jogar bola, vá brincar com os filhos no parque, vá nadar na piscina ou na praia. Alguns encontram a serenidade de uma montanha ou a tranqüilidade de um mosteiro. Claro que nem todo mundo tem condições financeiras ou tempo para se afastar deste jeito, até porque pode haver responsabilidades com trabalho ou com a família.

Imagine uma caixa cheia de porcarias. Você precisa colocar coisas boas dentro desta caixa, mas não há espaço.  Precisa esvaziar esta caixa de porcarias primeiro para que as coisas boas tenham espaço. Isto só se consegue dando tempo ao tempo.

Já ouviu a expressão “o tempo cura todos os males”?

501912099 Não vou recomendar que você tome um porre, mas tomar uma cervejinha ou tomar um copo de vinho não vai fazer mal a ninguém. No Japão, é muito comum que executivos, antes de irem embora para casa, passem num sushibar para relaxar. Os sushimen japoneses são preparados para cuidar dos clientes como se fossem médicos.

Já foi num restaurante japonês? Eles nos dão uma toalhinha quente [“oshibori”], que passamos no pescoço e alguns clientes mesmo colocam sobre o rosto. Eles te fornecem quantas toalhinhas quiser.

Na Tailândia, há massagistas em toda parte. Onde você parar para descansar, vem um sujeito para massagear suas costas. Se você trabalha em shopping center, tem a faca e o queijo na mão. Largue tudo e vá fazer uma boa massagem relaxante. ( in: 22 MANEIRAS DE RESOLVER QUALQUER PROBLEMA E VIVER MELHOR  , de Jacob Moses)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O importante é o que você acha :