quinta-feira, 3 de novembro de 2016

CAPOTE

capote550b


Em 25 de agosto de 1984 morreu o escritor norte-americano Truman Capote. Juntamente com Tom Wolfe e Hunter S. Thompson, Capote instituiu o "new journalism" na década de 60. O estilo extinguia a objetividade e a neutralidade, aproximando-se da literatura. Sua principal obra foi "A sangue frio", de 1966.

Truman Streckfus Persons nasceu em Nova Orleans em 30 de setembro de 1924.Ainda criança, tornou-se amigo da futura escritora Harper Lee, que posteriormente o retratou no seu famoso livro, O sol é para todos (To Kill a Mockingbird, 1962), como o personagem Dill.

As primeiras histórias de Capote foram publicadas entre 1943 e 1946 em revistas importantes como The Atlantic Monthly, Harper's Bazaar, Harper's Magazine, Mademoiselle, The New Yorker, Prairie Schooner and Story.

Em 1946 Capote venceu seu primeiro o O. Henry Award pela publicação de “Miriam” na Mademoiselle. Seu primeiro romance, Other Voices, Other Rooms, publicado em 1948, ficou na lista dos mais vendidos do New York Times por nove semanas, vendendo mais de 26 mil cópias. Nessa época Capote – uma jovem promessa literária –, construiu sua fama nos círculos culturais. O autor levava uma vida de excessos entre festas na alta sociedade regadas a álcool e viagens ao redor do mundo na companhia do escritor Jack Dunphy (1915-1992).

2283152443_282aee42cb

No ano seguinte Capote seguiu para a Europa, onde escreveu ficção e não-ficção, entre eles um perfil de Marlon Brando,

Nos anos 50, Capote escreveu The House of Flowers, um musical, e o romance The Grass Harp. É dessa época a primeira importante colaboração de Capote no cinema como roteirista em um filme de John Huston (Beat the Devil,1954).

Ao retornar aos Estados Unidos, Capote escreveu Breakfast at Tiffany’s (1958). Seu livro foi adaptado para o cinema no filme de Blake Edwards e ganhou notoriedade com Audrey Hepburn no papel principal.

Seu grande sucesso, In Cold Blood (A sangue-frio),se originou de uma notícia publicada no New York Times, em novembro de 1959, sobre o assassinato de uma família inteira, os Clutter, em Holcomb, Kansas. Capote ficou fascinado com a história, e viajou com Harper Lee para a cena do crime. Na cidade, entrevistou todos os envolvidos, e aprofundou-se tanto nos detalhes que acabou travando um ambígua relação com os assassinos, Perry Smith e Dick Hicock. O processo de pesquisa e escrita levou ao todo seis anos. O livro, publicado em 1966, inovou a literatura e inaugurou o gênero New Journalism.

la-1471974618-snap-photo

Capote continuou escrevendo nos anos seguintes, mas o alcoolismo e outras drogas arruinaram sua saúde e seu trabalho, levando-o a morte em 25 de agosto de 1984, pouco antes de completar 60 anos. Deixou um romance inacabado, Súplicas atendidas (Coleção L&PM POCKET; 2009).

fonte: http://ronaldorhusso.blogspot.com.br/
http://www.lpm.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O importante é o que você acha :